Para além do comprar e receber: a Experiência do Cliente como propulsor do agronegócio

Por Mayla Takahashi, Head de Experiência com Cliente Latam da BASF

03.04.2024 | 15:03 (UTC -3)
Foto: divulgação
Foto: divulgação

No coração do agronegócio moderno, a plena satisfação do cliente é essencial para o sucesso e a sustentabilidade das empresas. Os processos de Experiência do Cliente ou Customer Experience, como é dito na rotina dos escritórios, que visam proporcionar uma jornada de fidelização completa entre empresa e consumidor, ganharam nos últimos anos cada vez mais força dentro das companhias e agora estão passando por uma transformação. 

Daqui para a frente, o processo simplificado de registrar a compra e acompanhar a entrega vai dar um salto importante. O que está sendo formatado vai muito além de resolver problemas pontuais: as empresas do agronegócio estão sendo desafiadas a se empenharem para criar experiências memoráveis, que deixarão os clientes encantados e engajados com a marca.

 Essa mudança já começou há algum tempo em alguns setores e está vindo também para as empresas do agronegócio. Um dos principais focos tem sido a implementação de sistemas digitais inteligentes que permitam uma comunicação mais eficiente e personalizada. Isso inclui a adoção de tecnologias de análise de dados avançadas, que ajudem a identificar padrões de comportamento e preferências dos clientes, possibilitando uma oferta de produtos e serviços mais alinhada com suas necessidades específicas. 

Porém, além da tecnologia, acredito que as empresas que quiserem se destacar terão que criar a cultura de atendimento, e é aí que a busca pelo engajamento de todas as áreas da empresa para a missão dar certo será vital. Ou seja, não é apenas vender: é se aproximar, entender e proporcionar uma jornada entre consumidor e companhia em todos os setores. 

A colaboração entre diferentes departamentos será imprescindível, incentivando uma abordagem holística para resolver as necessidades dos clientes. Neste sentido, os líderes têm um papel fundamental para garantir que todos os colaboradores entendam a importância de sua contribuição neste processo. A implementação dessa cultura precisa ser a prioridade número um no dia a dia da companhia. 

Assim, a empresa não apenas fortalece seus relacionamentos com os clientes existentes, mas também atrai novos clientes e se diferencia da concorrência. Isso seria apenas um dos ganhos de uma estratégia baseada em Customer Experience, que ganha cada vez mais vida, espaço e entendimento tanto entre as lideranças quanto os colaboradores. 

No competitivo mercado agrícola do futuro, onde o cliente estará no centro das decisões, toda a equipe da empresa terá a necessidade de estar preparada para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades que surgirem para manter o cliente fidelizado e satisfeito. É um processo que vai além das implementações tecnológicas. 

O engajamento humano será vital e é um valor imensurável do processo e entendo, que em um futuro muito próximo, esse será um fator primordial para saber se os negócios estão indo de vento em popa na empresa. 

As ferramentas digitais trarão uma mudança profunda na otimização de processos e melhoria da performance entre clientes e empresas. Mas entendo que, mais profundamente, será o compromisso inabalável de todos com o Customer Experience que possibilitará à empresa ser a mais bem posicionada no mercado e continuar liderando o caminho rumo a um futuro de sucesso e crescimento sustentável no agronegócio.  

 *Por Mayla Takahashi (na foto), Head de Experiência com Cliente Latam da BASF

Compartilhar

Mosaic Biosciences Março 2024