Inovação transforma indústria de máquinas agrícolas

Por Fernando Nogueira, vice-presidente de operações de manufatura da AGCO América do Sul

22.03.2024 | 13:14 (UTC -3)

O setor industrial de máquinas agrícolas tem testemunhado transformações significativas impulsionadas pela busca por eficiência e sustentabilidade. A necessidade crescente por soluções que atendam às demandas do mercado agrícola global tem motivado empresas a adotarem uma postura proativa em relação à inovação. Os avanços tecnológicos têm se tornado um diferencial competitivo, impulsionando melhorias tanto na eficiência operacional quanto na qualidade dos produtos fabricados.

A busca por eficiência se estende também à integração de sistemas tecnológicos de última geração. Plataformas de planejamento de recursos estão sendo adotadas para otimizar processos de produção, impulsionando a inovação em várias etapas da fabricação de máquinas agrícolas.

Neste contexto, a fábrica da AGCO em Canoas (RS) se destaca como exemplo. Com foco contínuo na busca por soluções que atendam às necessidades dos agricultores de forma sustentável, a unidade é um centro de implementação de novas práticas, redefinindo os parâmetros da manufatura de máquinas agrícolas.

A manufatura aditiva, por exemplo, começou como um piloto em Canoas, demonstrando sua eficácia na impressão 3D de dispositivos para processos produtivos e posteriormente foi implementada em outras plantas da companhia. A unidade também é pioneira na utilização dos Cobots, robôs colaborativos criados para interagir com humanos em ambientes de trabalho.

Com cerca de 1.500 funcionários, a unidade está entre as maiores fábricas da AGCO no mundo em referência a unidades produzidas. Responsável pela produção de tratores de potência até 145hp das marcas Massey Ferguson e Valtra, tanto para mercado local como para exportação, é uma das únicas a possuir processos de usinagem, corte a laser, dobra, solda, pintura e montagens.

A unidade tem trabalhado ainda com a análise e coleta de dados (nuvem industrial) para identificar melhorias em aplicações do produto utilizando inteligência artificial. Outra iniciativa é o escaneamento da fábrica para criação e adaptações de layouts, chamado Digital Twin, para simulação de processos novos visando segurança e robustez.

A interação entre o setor industrial e os ecossistemas locais, como institutos de pesquisa, startups e hubs tecnológicos, desempenha papel fundamental para permitir a troca de conhecimento e identificação de soluções conjuntas que impulsionam o desenvolvimento e a adoção de novas tecnologias no setor. A AGCO mantém diversos contatos, entre eles com o Instituto Senai de Inovação, para promover soluções inovadoras de melhorias e treinamentos.

Uma das mais recentes iniciativas da companhia foi a criação do Dia da Manufatura, momento em que a empresa abre suas portas para estudantes de universidades e escolas técnicas com o objetivo fim de estimular os futuros profissionais a conhecer as oportunidades de carreira e os processos de produção.

Com a incessante busca por excelência e a implementação de práticas inovadoras, a indústria de máquinas agrícolas está traçando um caminho promissor para o futuro, redefinindo não apenas a forma como os produtos são fabricados, mas também contribuindo significativamente para o progresso e a sustentabilidade do setor agrícola global.

Por Fernando Nogueira, vice-presidente de operações de manufatura da AGCO América do Sul

Compartilhar

Mosaic Biosciences Março 2024