CNH Industrial e Grupo Iveco assinaram memorando de entendimento para iniciativas conjuntas de sustentabilidade na agricultura e transportes

Especificamente, as partes se concentrarão no aprimoramento da cadeia de valor no setor agrícola para promover a segurança alimentar, aumentar a eficiência da agricultura e o acesso dos agricultores ao mercado

25.05.2022 | 16:13 (UTC -3)
Grupo Iveco
Especificamente, as partes se concentrarão no aprimoramento da cadeia de valor no setor agrícola para promover a segurança alimentar, aumentar a eficiência da agricultura e o acesso dos agricultores ao mercado. - Foto: Divulgação 
Especificamente, as partes se concentrarão no aprimoramento da cadeia de valor no setor agrícola para promover a segurança alimentar, aumentar a eficiência da agricultura e o acesso dos agricultores ao mercado. - Foto: Divulgação 

A CNH Industrial e o Grupo Iveco assinaram um memorando de entendimento para potenciais iniciativas conjuntas de desenvolvimento social em países de interesse comum nas áreas de agricultura, mobilidade sustentável e educação, contribuindo em suas respectivas indústrias.

Especificamente, as partes se concentrarão no aprimoramento da cadeia de valor no setor agrícola para promover a segurança alimentar, aumentar a eficiência da agricultura e o acesso dos agricultores ao mercado – inclusive por meio do desenvolvimento de soluções para uma logística mais sustentável e a movimentação de mercadorias e pessoas . Outro aspecto importante da parceria é a formação profissional de jovens adultos, estudantes e empreendedores, bem como a interação com as comunidades locais, por meio de uma abordagem baseada na escuta e no diálogo, e iniciativas adaptadas às necessidades locais específicas. A parceria permitirá a prestação de apoio social tangível através do investimento na criação de cursos de formação de elevada qualidade, ampliando assim as oportunidades de formação para os jovens com vista à sua inserção no mercado de trabalho.

“Este memorando de entendimento demonstra o papel fundamental do setor privado no financiamento do desenvolvimento, conforme destacado pela Conferência das Nações Unidas em Adis Abeba em 2015. Três empresas privadas líderes estão reunindo seus conhecimentos e experiência no desenvolvimento de projetos de cooperação, treinamento técnico e mecanização para promover o acesso à educação e a diversificação econômica nas áreas relevantes, potenciando a sustentabilidade na cadeia de abastecimento agrícola nos setores alimentar e energético”, afirmou Guido Brusco, Director Geral de Recursos Naturais da Eni.

“No ambiente operacional de hoje, iniciativas individuais nem sempre são suficientes para atingir efetivamente as metas de sustentabilidade estabelecidas pela comunidade internacional. Na CNH Industrial, queremos contribuir para identificar e desenvolver soluções pioneiras e aumentar as práticas agrícolas sustentáveis. Este é um setor que deriva a sua força da qualidade, da produção, da rastreabilidade e da proximidade com a terra. Também é profundamente impactado pelos desafios tecnológicos de nosso presente e futuro”, disse Carlo Lambro, presidente da marca New Holland Agriculture, uma marca da CNH Industrial. “A crise climática, a transição ecológica e a proteção do meio ambiente são questões que exigem que empresas como a CNH Industrial liderem e sejam uma força motriz para enfrentar esses desafios. Graças a este acordo com a Eni e o Grupo Iveco, estamos confiantes de que podemos desenvolver de forma eficiente e eficaz as nossas atividades neste espaço.”

“Novas soluções de transporte sustentável devem ajudar a atingir as metas de descarbonização e proteção ambiental. Enquanto isso, é importante apoiar projetos de formação contínua que abordem os novos desafios de toda a cadeia produtiva nos países onde atuamos”, comentou Michele Ziosi, Vice-Presidente Sênior de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Grupo Iveco. “O desafio da transição ecológica também deve trazer oportunidades para o crescimento econômico e social. Uniremos forças com a Eni e a CNH Industrial para alavancar a experiência uma da outra e buscar nosso compromisso com a mobilidade acessível, inclusiva e sustentável”.

O memorando de entendimento não exclusivo gerará oportunidades para uma colaboração genuína e inovadora para ajudar a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Leia a matéria na íntegra acessando aqui

Compartilhar

LS Tractor Fevereiro