Certis Biologicals expande portfólio com aquisição de fungicidas

A adição dos fungicidas Howler e Theia expande significativamente o alcance da Certis Biologicals, que já possui mais de 40 produtos voltados para o controle eficaz de pragas, doenças e plantas daninhas

30.03.2024 | 09:07 (UTC -3)
Revista Cultivar

A Certis Biologicals adquiriu ativos da AgBiome, incluindo os fungicidas Howler e Theia. O negócio ocorreu nos Estados Unidos. Sob a liderança interina de Jow-Lih Su, a Certis Biologicals, subsidiária integral da Mitsui & Co., consolida sua posição  no setor de biopesticidas.

"Estamos dedicados a contribuir para o mercado crescente de biológicos," afirmou Su. "Incorporar essas tecnologias proprietárias ao nosso portfólio em expansão ajudará a garantir a continuidade no mercado e nos permitirá continuar trazendo soluções inovadoras para a agricultura."

A adição dos fungicidas Howler e Theia expande significativamente o alcance da Certis Biologicals, que já possui mais de 40 produtos voltados para o controle eficaz de pragas, doenças e plantas daninhas em estufas, cultivos especializados e de grande extensão.

Chris Judd (na foto), vice-presidente da Certis Biologicals na América do Norte, destacou a importância da aquisição: “Howler e Theia complementam nosso portfólio existente de biofungicidas, incluindo Double Nickel e nosso produto mais recente para cultivos de grande extensão, Convergence. Esses produtos constituirão um portfólio de fungicidas que pode oferecer controle incomparável para todos os produtores, desde cultivos especializados e de alto valor até cultivos de commodities de grande extensão.”

Howler, que utiliza Pseudomonas chlororaphis AFS0, oferece controle através de múltiplos modos de ação contra doenças que ameaçam uvas, vegetais, cultivos de tubérculos e raízes, frutas vermelhas, pomóideas e outros cultivos especializados. Sendo um produto listado pela OMRI e registrado em todos os estados dos EUA, Howler pode ser utilizado em todas as fases de produção, desde a estufa, pré-plantio até a colheita, graças ao seu PHI de 0 dias.

Theia, por outro lado, utiliza Bacillus subtilis AFS032321. É um biológico de amplo espectro, listado pela OMRI, que controla doenças do solo e foliares como alternaria, míldio, phytophthora, oídio e pythium em uma ampla variedade de cultivos, incluindo cítricos, cucurbitáceas, uvas, frutas de caroço e vegetais frutíferos.

Compartilhar

Mosaic Biosciences Março 2024