O papel dos polinizadores na agricultura

Por Rodrigo Ferraz Ramos (SLC Agrícola); Cristiano Bellé e Jonas Dahmer (Staphyt); Mardiore Pinheiro (UFRGS)

15.02.2024 | 15:55 (UTC -3)

[...]

Os organismos polinizadores podem ser animais vertebrados – como morcegos, beija-flores, pequenos lagartos – e invertebrados – como abelhas, lepidópteros (borboletas e mariposas), moscas, vespas e besouros (Figura 2). As abelhas são o principal grupo de polinizadores e, no Brasil, por exemplo, contribuem com a polinização de 78% das plantas utilizadas na alimentação, além de serem os polinizadores da maioria das plantas nativas em diferentes comunidades vegetais. Como resultado da polinização, ocorre a fertilização e posterior formação de frutos e sementes, que serão utilizados na dispersão e na propagação da espécie vegetal, bem como na alimentação de animais e humanos.

[...]

As culturas de soja, café e laranja são classificadas no grupo de plantas com dependência modesta dos polinizadores. Apesar disso, a renda agrícola obtida a partir dos polinizadores na cultura da soja corresponde a R$ 25 bilhões anuais, enquanto para o café a contribuição dos polinizadores é de R$ 5,2 bilhões anuais e na cultura da laranja a renda obtida a partir do serviço ecossistêmico da polinização é de aproximadamente R$ 2,2 bilhões anuais (Figura 3).

[...]

Práticas amigáveis aos polinizadores são formas de reduzir as ameaças, melhorar o serviço ecossistêmico da polinização e agregar valor à produção agrícola. Polinizadores necessitam de alimento (néctar, pólen, óleo) disponível o ano todo, de locais de nidificação e de reprodução. Assim, manter habitats naturais, recuperar áreas de vegetação degradadas, assegurar a floração de plantas nativas, criar corredores ecológicos, são práticas que melhoram os rendimentos e a qualidade dos cultivos. E quanto mais diversa for a comunidade desses animais nos ambientes agrícolas, melhores serão os resultados.

Por Rodrigo Ferraz Ramos (SLC Agrícola); Cristiano Bellé e Jonas Dahmer (Staphyt); Mardiore Pinheiro (UFRGS)

Artigo publicado na edição 143 da Revista Cultivar Hortaliças e Frutas.

* * *
Conteúdo Restrito.
Assine uma revista ou realize login em uma conta com acesso para visualizar.
Mosaic Biosciences Março 2024