Notícias

Pesquisador recebe homenagem na Sociedade Americana de Entomologia

27/11/2017 | Joseani M. Antunes​
Antônio Panizzi (direita) recebendo a homenagem pelas mãos do chairman da Secção Internacional da Sociedade Americana de Entomologia, Megha Parajulee - Foto: Divulgação

O pesquisador da Embrapa Antônio Ricardo Panizzi, foi homenageado durante a realização da Reunião Anual da Sociedade Americana de Entomologia (ESA), em Denver, Colorado, no dia 7 de novembro. Panizzi é o primeiro brasileiro a receber o prêmio “2017 International Branch Distinguished Scientist Award” (Prêmio para Cientista Destaque da Secção Internacional), conferido anualmente a pesquisadores com carreira científica de destaque no cenário internacional.

Na ocasião ele proferiu a palestra intitulada “Forty-three years of stink bug research: It's been fun so far” (Quarenta e três anos de pesquisas com percevejos: até agora tem sido divertido!), onde apresentou suas principais contribuições na Entomologia. O pesquisador destacou o orgulho em representar a Embrapa na entomologia mundial: “Considero a Embrapa uma excelente organização, a qual devo muito da minha reputação como cientista internacionalmente conhecido”.

O pesquisador desenvolveu a maior parte da sua carreira de 43 anos como entomologista alocado na Embrapa Soja, em Londrina, PR, e atualmente trabalha na Embrapa Trigo, em Passo Fundo, RS, sempre pesquisando os percevejos-pragas das grandes culturas. Editou cinco livros e publicou 141 artigos em revistas indexadas. Por mais de 25 anos atua como professor-convidado na Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde leciona uma disciplina e orienta alunos de mestrado e doutorado.

Na Embrapa, além de atuar como pesquisador, participou do Projeto-Labex como cientista visitante para prospectar novas tecnologias e implementar redes de colaboração em pesquisa, junto ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em Peoria, Illinois de 2002 a 2004.

Atualmente, Panizzi está concentrado em desenvolver um projeto de pesquisa para monitorar eletronicamente o comportamento alimentar e os danos dos percevejos em plantas cultivadas pelo uso do equipamento conhecido por EPG (electricalpenetrography). Ele considera esse um avanço importante para melhor entender e manejar os percevejos-pragas das grandes culturas.

Antônio Panizzi foi Presidente da Sociedade Entomológica do Brasil (SEB) de 2008 a 2012, e é Sócio Honorário da Sociedade. Atualmente é o Delegado Internacional da SEB e membro do seu Conselho Deliberativo.


Revista Cultivar

 

Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura

Grupo Cultivar de Publicações LTDA

 

Rua Sete de Setembro, 160

Centro, Pelotas | CEP 96015-300

+55 53 3029.200 | 3028.2070

contato@grupocultivar.com