Notícias

Mercado do milho em Goiás começa a reagir e negócios saem por R$ 81 a saca

13/05/2022 | Vinicius Macedo

O mercado do milho em Goiás começou a reagir nessa semana. Já surgem negócios para a safrinha com o valor de R$81, segundo a analista Gabriela Moreira, da Tarken, agritech brasileira que oferece um marketplace para trading de grãos.

“Em Rio Verde e Montividiu, vemos ofertas a partir de R$85. Nessas mesmas cidades, dependendo da data de embarque e pagamento, compradores estão fechando negócio a R$ 83”, afirma Moreira.

Conforme a analista, produtores que plantaram fora da época ideal estão com as lavouras na fase vegetativa em uma situação de estresse hídrico por conta de uma diminuição do volume de chuvas. “Infelizmente as previsões de chuvas para as próximas semanas não são muito otimistas e tudo indica que haverá uma redução da produtividade”, explica.

La Ninã traz massa de ar frio para o estado de São Paulo

No sul do estado de São Paulo, o mercado de grãos deve estar atento ao clima. Os especialistas alertam que o frio mais intenso deve chegar nas áreas agrícolas na semana que vem. Esse frio é consequência do efeito La Niña, com uma massa de ar frio muito forte para época do ano, com possibilidade alta de geada em várias regiões de milho safrinha.

Os preços no estado se encontram mais estáveis. A cotação Tarken aponta R$85 para Campinas, R$82 para São José do Rio Preto e R$82 para Itapetininga.

Revista Cultivar

 

Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura

Grupo Cultivar de Publicações LTDA

 

Rua Sete de Setembro, 160

Centro, Pelotas | CEP 96015-300

+55 53 3028.2000 | 3028.2070

contato@grupocultivar.com