Desafios de startups busca controle de nematoides e mensuração de dados foliares

As inscrições estão abertas até 30 de novembro e são válidas para participantes do Brasil e da América Latina; proposta é impulsionar a colaboração no setor agrícola

30.10.2023 | 15:29 (UTC -3)
Cultivar, com informações de Janete Galbiati

A AgroStart, iniciativa da BASF, lança dois desafios globais para startups, cientistas e empreendedores. O foco é encontrar soluções inovadoras para problemas agrícolas críticos. Os desafios abordam o controle de nematoides e a mensuração de dados foliares. As inscrições estão abertas até 30 de novembro e são válidas para participantes do Brasil e da América Latina.

O objetivo dos desafios é resolver problemas que os agricultores enfrentam. Mirella Lisboa (esq. na foto), gerente da plataforma, destaca a importância da inovação: "Estamos vivendo um momento de virada na agricultura; a inovação é essencial para garantir que possamos atender às necessidades dos agricultores e das gerações futuras".

Nematoides são um problema sério. Pesquisa da Sociedade Brasileira de Nematologia mostra prejuízos bilionários. Na soja, o impacto é de R$ 27,70 bilhões. Em diversos cultivos, o valor sobe para R$ 65 bilhões.

A mensuração de dados foliares é outro desafio. Otimizar essa medição é crucial. Mas o processo é trabalhoso e gera muitos dados. Isso limita a eficiência e a produtividade na avaliação das plantas.

Henry Sakane (dir. na foto), gerente sênior da BASF, reforça o papel da AgroStart: "o programa é a ponte para aproximar a indústria do empreendedor, visando levar melhores soluções aos agricultores”.

O prazo para inscrições nos desafios é até 30 de novembro. O programa está aberto para participantes do Brasil e da América Latina. As inscrições podem ser realizadas em: https://agriculture.basf.com/global/en/innovations-for-agriculture/agrostart/challenges.html

Compartilhar

Mosaic Fevereiro Marco 2024