Capal certifica 800 cooperados com CRA Verde e capta R$ 150 milhões

Recursos serão destinados para ações sustentáveis no campo, abrangendo mais de 140 mil hectares

08.12.2023 | 13:54 (UTC -3)
Elton Telles
Foto: divulgação
Foto: divulgação

A Capal Cooperativa Agroindustrial é uma das primeiras cooperativas do setor agropecuário no Brasil a lançar uma emissão de Certificado de Recebíveis do Agronegócio Verde (CRA Verde). A operação financeira, que tem o auxílio das empresas JGP e Banco Alfa, conta com uma alocação de R$ 150 milhões que serão destinados a ações de desenvolvimento sustentável no campo. 

Ao todo, foram certificados cerca de 800 cooperados, cujas propriedades estão em conformidade quanto à produção de soja, rastreabilidade e boas práticas agrícolas, abrangendo mais de 140 mil hectares de terras.

O diretor financeiro da Capal, Amilton Brambila, observa que as cooperativas brasileiras ainda são iniciantes neste modelo específico de emissão. Para ele, a operação do CRA Verde é uma oportunidade que vai contribuir para o crescimento da cooperativa neste mercado de capitais e consolidar substancialmente a sua solidez financeira, uma vez que a operação é de longo prazo. 

“Muitos associados têm na cooperativa a sua principal fonte de crédito para viabilizar a sua produção, e tendo esse reforço de caixa com a emissão do CRA, teremos melhores condições de negociação com fornecedores e apoio aos cooperados quanto às ações sustentáveis na produção de soja”, explica. 

Sistema interno 

Adilson Roberto Fuga (na foto), presidente executivo, destaca que outro mecanismo desempenhado pela Capal visando a responsabilidade no manejo das lavouras é o sistema interno desenvolvido pela cooperativa que mapeia 100% da propriedade dos produtores rurais. O dispositivo fica sob o comando dos engenheiros agrônomos que fazem parte da equipe de assistência técnica da Capal. 

Nesse sistema, ficam registradas todas as informações referentes à propriedade, cada lote e gleba dos cooperados. A iniciativa já é realizada há mais de 20 anos, e, segundo o presidente executivo, a emissão do Selo Verde reforça a importância desse trabalho. 

Compartilhar

Mosaic Fevereiro Marco 2024