Lar Cooperativa lança seu primeiro Relatório de Sustentabilidade

Documento abrange aspectos ambientais, sociais e de governança, oferecendo uma visão abrangente das iniciativas e dos resultados alcançados ao longo de 2023

05.07.2024 | 16:19 (UTC -3)
Thiago Willian
Foto: divulgação
Foto: divulgação

A Lar Cooperativa Agroindustrial acaba de dar um passo significativo na sua trajetória ao lançar a primeira edição do Relatório de Sustentabilidade referente ao ano de 2023. O lançamento, que ocorreu durante o Lar Day, reuniu mais de 300 convidados, incluindo representantes dos principais bancos, clientes e parceiros estratégicos. A apresentação do relatório foi feita pelo Diretor-Presidente Irineo da Costa Rodrigues, destacando o compromisso da cooperativa com a transparência, a responsabilidade socioambiental e a governança exemplar.

O Relatório de Sustentabilidade da Lar Cooperativa Agroindustrial é um documento detalhado que reflete os esforços contínuos da organização em promover práticas sustentáveis em todas as suas operações. Seguindo a referência ao Global Reporting Initiative (GRI), o relatório abrange aspectos ambientais, sociais e de governança (ESG), oferecendo uma visão abrangente das iniciativas e dos resultados alcançados ao longo de 2023.

Irineo da Costa Rodrigues, Diretor-Presidente, destacou em sua mensagem a importância deste marco. "É com grande satisfação que apresentamos nosso primeiro relatório de sustentabilidade, um documento que destaca nossas ações, compromissos e esforços contínuos em prol da responsabilidade social, ambiental e econômica. O ano de 2023 foi desafiador, repleto de acontecimentos que exigiram resiliência e maior eficiência, levando-nos a buscar a otimização dos processos", afirmou. 

Entre os principais avanços, Rodrigues mencionou a criação do Comitê de Sustentabilidade, a implementação de projetos que contribuem para a redução de emissões de gases de efeito estufa e a promoção da gestão responsável de recursos hídricos. Esses esforços resultaram em um crescimento de 3,5% no faturamento da cooperativa, alcançando uma receita líquida de R$ 21,8 bilhões.

Pilares fundamentais: Ambiental, Social e Governança

O relatório está organizado em três pilares fundamentais: Ambiental, Social e Governança. Cada seção detalha as iniciativas e práticas que a Lar Cooperativa adotou para contribuir com a sustentabilidade em todas as suas operações.

Ambiental: a Lar Cooperativa implementou o Programa Prioridade Ambiental, focando na agricultura e pecuária sustentáveis, na redução das emissões de gases de efeito estufa e na preservação da biodiversidade. A cooperativa também investiu na melhoria da matriz energética e na gestão eficiente dos recursos hídricos e dos resíduos.

Social: o compromisso com as pessoas, a cultura e a inclusão é uma prioridade para a Lar. A cooperativa investiu em capacitação e cultura, remuneração e benefícios, além de promover a diversidade e inclusão no ambiente de trabalho. A saúde e segurança no trabalho também receberam atenção especial, garantindo um ambiente seguro e saudável para todos os colaboradores.

Governança: A gestão ética, íntegra e transparente é um dos pilares da Lar. O relatório destaca os avanços em governança corporativa, qualidade e inovação, reforçando o compromisso com a sustentabilidade e a criação de valor para associados, funcionários, clientes, fornecedores e a comunidade.

O Superintendente Administrativo Financeiro, Cledio Roberto Marschall, reforçou que o Relatório de Sustentabilidade é um importante meio pelo qual as empresas divulgam suas ações de ESG. "Como contém informações relevantes, precisam atender a requisitos mínimos de padronização e princípios, um protocolo específico - que atualmente é definido pelo GRI. Destaco ainda que as informações contidas no relatório de sustentabilidade receberam asseguração independente realizada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Lar sempre atuou de forma intensa nestes temas, e o relatório é uma oportunidade para descrevermos com ainda mais detalhes as principais ações que desenvolvemos junto à empresa, à comunidade e às demais partes envolvidas", concluiu. 

Compartilhar

LS Tractor Fevereiro