Notícias

Embrapa publica nota técnica orientando manejo de lagartas em soja Bt

06/07/2021 | Embrapa
Resultados do estudo foram elaborados pelos pesquisadores Adeney de Freitas Bueno e Daniel Ricardo Sosa-Gómez, da Embrapa Soja. - Foto: WendersonAraujo/CNA

Estudos realizados pela Embrapa Soja têm demonstrado que as lagartas Rachiplusia nu e Crocidosema aporema podem se desenvolver em lavouras com cultivares de soja-Bt de primeira geração, (Intacta RR2 Pro, que expressa a proteína inseticida Cry1Ac e auxilia no manejo de algumas espécies de lagartas), indicando resistência em nível de campo. Os resultados do estudo estão disponíveis em Nota Técnica, elaborada pelos pesquisadores Adeney de Freitas Bueno e Daniel Ricardo Sosa-Gómez, da Embrapa Soja. Mesmo que a questão da resistência indique um alerta, os pesquisadores afirmam que a identificação de populações resistentes das duas lagartas não deve impactar a performance da tecnologia de soja-Bt para o manejo de outras espécies alvos. Além disso, os estudos preliminares com a soja-Bt de segunda geração (tecnologia piramidada com as proteínas Cry1Ac, Cry1A.105 e Cry2Ab2) revelam que a tecnologia é eficiente no controle de lagartas de Rachiplusia nu  resistentes a soja-Bt de primeira geração. 

De acordo com os pesquisadores, um aspecto fundamental para evitar a seleção de populações de lagartas resistentes nas lavouras com a tecnologia Intacta RR2 PRO é a utilização de áreas de refúgio. Esta é uma medida preventiva que consiste na coexistência de lavouras com a tecnologia Intacta RR2 PRO ao lado de lavouras não dotadas desta tecnologia, a uma distância inferior a 800 metros.

“Além da  importância da adoção do refúgio estruturado, é recomendável o uso de inseticidas apenas quando o nível de ação das pragas forem atingidos no campo”, destaca Bueno. Com relação ao nível de ação, o pesquisador explica que é recomendado iniciar o controle na presença de mais de 20 lagartas grandes por metro de fileira de soja. E com relação à desfolha, o momento certo para iniciar o controle é quando houver 30% de desfolha no período vegetativo ou 15% se a cultura estiver no estágio reprodutivo de desenvolvimento. A identificação de insetos pode ser auxiliada com o Manual de identificação de insetos e outros invertebrados da cultura da soja da Embrapa. 

Veja a Nota Técnica completa aqui.

Revista Cultivar

 

Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura

Grupo Cultivar de Publicações LTDA

 

Rua Sete de Setembro, 160

Centro, Pelotas | CEP 96015-300

+55 53 3028.2000 | 3028.2070

contato@grupocultivar.com