Revistas
 
Hortaliças e Frutas
 
Altura reduzida de tratores para fruticultura

Como lidar com a mosca-das-frutas em pêssego

Página 30 | 03/11/2021 |

De que forma a adição de conservantes na proteína hidrolisada pode melhorar a captura da mosca-das-frutas Anastrepha fraterculus e reduzir os custos dos fruticultores para o monitoramento da praga.

 

De todos os tefritídeos (Diptera: Tephritidae) relatados no Brasil, a mosca-das-frutas sul-americana Anastrepha fraterculus e a mosca-do-mediterrâneo Ceratitis capitata são os que causam mais prejuízos à fruticultura nacional. No Sul do Brasil, A. fraterculus é a espécie predominante e que tem causado perdas nos pomares de pessegueiro, macieira e ameixeira, mas C. capitata tem ganhado importância nos cultivos de citros localizados na região da Campanha e na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul (Nava; Botton, 2010. Dias; Da Silva, 2014). Embora as perdas pelo ataque de mosca-das-frutas em citros tenham sido um problema constante também nas demais regiões do estado e causadas por A. fraterculus, fato esse sempre associado a C. capitata, o que demonstra uma adaptação da mosca-das-frutas sul-americana às frutas cítricas.

Os danos causados pelas moscas-das-frutas estão relacionados à perfuração da casca (epicarpo) dos frutos para a oviposição e consequentemente ao desenvolvimento das larvas que ocorrem na polpa (mesocarpo). Além disso, ao perfurarem a casca, possibilitam que ocorra a entrada de micro-organismos causadores de podridões (Nava; Botton 2010, Machota Júnior et al., 2013). Por esses motivos, as moscas-das-frutas são consideradas um dos maiores obstáculos para a produção de frutas para o mercado interno e a comercialização das frutas frescas para o mercado externo, uma vez que os países livres desta praga são, na sua grande maioria, importadores de frutas e estabelecem medidas para a proteção da fruticultura local, por meio de regulação e controle para evitar seu ingresso (Raga; Galdino, 2018). 

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

AssineLogin

Revista Cultivar

 

Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura

Grupo Cultivar de Publicações LTDA

 

Rua Sete de Setembro, 160

Centro, Pelotas | CEP 96015-300

+55 53 3028.2000 | 3028.2070

contato@grupocultivar.com